Etiquetas

Retomei a camisola que estava em suspenso há mais de dois anos. É uma camisola de torcidos tricotada em modo circular. A vantagem do tricot circular é a de não ter costuras. Ou seja, embora uma volta leve o dobro a ser feita (cada volta tem quase 300 malhas)  no final o trabalho de costura é muito reduzido. Geralmente são as costuras que fazem com que muita gente fuja a sete pés do tricot. Nesse caso, optar por projectos circulares alivia a ansiedade e o temor das agulhas de costura.

IMG_20161122_140708.jpg

Gostaria imenso de conseguir terminar a camisola antes do Ano Novo. Decidi tricotar todos os dias, nem que seja apenas uma volta, até porque tenho outros projectos em lista de espera (e não, não estão nas agulhas). Pela primeira vez só tenho um trabalho a ser tricotado. Funciono melhor assim porque sinto que me perco imenso se tiver imensas coisas já iniciadas. Descobri uma loja online de lãs graças ao blogue Mãos de Vera. Fiquei de queixo caído ao verificar que não só vendem as lãs da Drops como vendem todas as cores. Sim, t-o-d-a-s! Finalmente vou poder seguir o esquema de cores sugeridos. Um dos projectos em lista de espera é este:camisola.PNG

Mas antes desta camisola amorosa vou tricotar um gorro em lã para a C. O novelo está escolhido, as agulhas já foram tiradas da lata (sim, arrumo as agulhas numa antiga lata de biscoitos) e só preciso de comprar um conjunto de agulhas 5,5mm para meter mãos à obra.

IMG_20161122_144036.jpg

Até à próxima e agasalhem-se bem! 🙂

 

Advertisements