Etiquetas

, ,

Faz quase um mês que decidi começar a fazer algo pelo meu corpo. Anos a ingerir glúten sem saber que não o podia fazer teve as suas consequências. O cansaço atroz despoletou a rigidez de articulações e uma progressiva perda de mobilidade. Desconfio que já sei o que é viver num corpo de 70/80 anos. E garanto-vos: é horrível.

O plano de ataque foi começar a desenvolver a flexibilidade trabalhando as articulações. À medida que a mobilidade vai aumentando tenho vindo a adicionar exercícios de força. Quase um mês depois consigo fazer coisas que nunca consegui fazer antes. Toda a minha vida pesei 50 quilos e nunca, mas nunca, até há umas semanas atrás, consegui fazer uma flexão. Por isso estou contente. Além de perder peso (muito lentamente), estou a ganhar mobilidade e a ganhar músculo. Perder peso é fácil mas é igualmente fácil perder peso e músculo. E isso é algo a evitar.

Outra mudança que me tem ajudado imenso a re-encontrar o equilíbrio resume-se a 5/10 minutos diários de meditação. Tem sido mais fácil do que esperava, possivelmente devido ao meu passado religioso. Não medito por razões religiosas mas, sim, por razões de saúde. Este vídeo foi o que me convenceu a tentar uma via que sempre considerei absurda e até maléfica:

 

Os meus níveis de ansiedade estão mais baixos do que nunca e mesmo que a meditação para nada sirva, sei que ao menos vou ficar com uma postura espectacular em virtude de ficar sentada no chão direitinha que nem um fuso.

Caso tenham interesse em saber o que estou a fazer, a nível de exercício físico, deixo-vos o link para o livro que estou a seguir:

http://www.amazon.com/Super-Joints-Longevity-Pain-Free-Movement/dp/0938045369

Advertisements